Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Sugestões de leitura

Uma poema escrito por ocasião da Proclamação da República

Imagem
Uma saudação de Natal [1] (De uma constelação de amigos do Norte para uma constelação de amigos do Sul, 1889-1990)


Bem-vindo, irmão brasileiro – teu amplo lugar está pronto!
Uma afetuosa mão – um sorriso do norte – uma instantânea saudação solar! Deixa que o futuro cuide de si mesmo, no lugar em que revela seus tormentos e impedimentos, Nossas, nossas as vascas do presente, a meta democrática, a aceitação e a fé; Para ti, hoje, o nosso braço estendido, a nossa cabeça voltada – de nós para ti, os olhos cheios de expectação, Tu, agrupamento livre! Tu, brilhante e lustroso! Tu aprendendo bem, A luz do verdadeiro ensinamento de uma nação estampada no céu (Mais brilhante que a Cruz, mais do que a Coroa) A elevação que há de vir da soberba humanidade. [1]WHITMAN, Walt. Folhas da relva. São Paulo, Martin Claret, 2005. p.519. (A obra-prima de cada autor)

Outubro de crianças e educadores

Sugestões de leitura de títulos disponíveis no acervo J C315a CARTER, Forrest O aprendizado de Pequena Árvore São Paulo, Círculo do Livro, c1976, 253p. Este livro é baseado nas recordações do autor com seus avós, na região de Eastern Cherokee Hill, durante a Grande Depressão econômica da década de 30.
J S759h SPYRI, Johanna Heidi São Paulo, Melhoramentos, 1996. 202p. (Obras-primas universais) Heidi é uma menina órfã que é levada pela tia para viver com o avô solitário nas montanhas dos Alpes. Os dois desenvolvem um relacionamentos afetuoso, que afeta os moradores do vilarejo. Anos depois, tia Dete leva Heidi para a cidade grande, para fazer companhia a Clara, uma menina doente de família abastada.
J W64q WIEGAND, Roberta Quando o cometa passou São Paulo, Círculo do Livro, 141p. Este livro conta a história de Sarah, que tinha 10 anos em 1910. Ela acha sua vida e sua família que vive nas planícies bem divertida, apesar do medo de que o aparecimento do cometa Halley seja o sinal do fim do mundo.
CR P238 …

Uma historinha para reflexão

Imagem
John Milton (1608-1674)
Depois que o poeta inglês Milton se tornou cego e resolveu ler os clássicos, ele ensinou as filhas a decodificar textos em grego, embora elas não pudessem compreender uma só palavra desse idioma. Podemos afirmar que Milton estava lendo? E as filhas de Milton, estariam lendo?
Aproveite para ler a biografia de John Milton (929MILTON J64), disponível no acervo da Biblioteca Monteiro Lobato!

Sugestões de leitura

Livros disponíveis no acervo
Crianças e adolescentes protagonistas

C P238
PAES, José Paulo (org.) Histórias de aventuras. São Paulo, Ática, 2000. 149p. (Para gostar de ler)
Nascemos e crescemos embalados por histórias de heróis – gente de coragem e astúcia que desafia o perigo: a luta de uma legião de soldados contra forças ocultas, garotos curiosos se vêem diante de um povo esquecido pela civilização, uma cidade espera ser salva da ameaça de um leão. Escritores de todos os tempos mesclam realidade e imaginação ao recriar o fascinante mundo da aventura humana.

F D859d
DRUMMOND, Roberto. Dia de São Nunca à tarde. São Paulo, Geração, 2004, 85p.
Neste livro, o autor conta a história do internato do Colégio São Francisco, em Minas Gerais. Neste misterioso lugar, alunos convivem com fantasmas, freis fazem milagres e todos jogam futebol. A história toda gira em torno dos irmãos Gabriel e Gabriela. Gabriel é o craque do time de futebol e também o aluno mais popular. Com a volta de Gabriel, um …