Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Literatura Portuguesa

Obras da Fuvest: A crítica à sociedade portuguesa em "A relíquia" de Eça de Queirós

Imagem
Jamille Rabelo de Freitas
Núbia Enedina Santos Souza


Em A Relíquia, Eça de Queirós critica a sociedade lusíada, alicerçada na figura do clero, mostrando personagens mercenárias, hipócritas e impiedosas. Com um tom irônico, o autor mescla o oportunismo com a credulidade, a esperteza com o abuso da boa fé, a mentira com a ingenuidade e a realidade com a aparência. Eça aponta o conservadorismo da igreja e o tradicionalismo burguês como causa maior da estagnação de Portugal. Para ele, tais práticas impediam o progresso e levavam a sociedade portuguesa à decadência moral. Numa época onde a religião cristã era frequentada, em sua maioria, pelos burgueses, tendo como “figurante” a classe trabalhista, o trabalho era super valorizado com intuito de acalmar os ânimos dos proletariados e a filosofia de que eles não deveriam desejar mais do que lhes era dado era pregada fervorosamente pelo catolicismo a todo tempo. No entanto, a contradição entre os ideais difundidos e os atos praticados era gritan…

Biblioteca privada de Fernando Pessoa disponível on-line

Imagem
“Porque eu sou do tamanho do que vejo  E não, do tamanho da minha altura...”

Antes, a biblioteca pessoal do poeta podia apenas ser consultada na Casa Fernando Pessoa mas, agora, já podemos encontrar todo o acervo online, constituído por 1142 livros.

As obras podem ser pesquisadas por ano, ordem alfabética e por categorias temáticas e é também possível encontrar algumas páginas com manuscritos do próprio Pessoa.

Todas as páginas dos volumes e manuscritos foram digitalizados e podem ser consultados página a página ou após o download completo de uma obra.

Esta iniciativa reuniu uma equipa de investigadores, incluindo Jerónimo Pizarro, e o apoio da Fundação Vodafone Portugal que possibilitaram a digitalização integral e publicação online da biblioteca. Segundo Pizarro, neste repositório podemos encontrar várias “anotações, comentários, traduções e outros diversos tipos de textos em prosa e em verso, para além de desenhos e exercícios caligráficos” do poeta.

Fonte: Blog do Galeno (http://www.…