Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Eça de Queiroz

Obras da Fuvest: A crítica à sociedade portuguesa em "A relíquia" de Eça de Queirós

Imagem
Jamille Rabelo de Freitas
Núbia Enedina Santos Souza


Em A Relíquia, Eça de Queirós critica a sociedade lusíada, alicerçada na figura do clero, mostrando personagens mercenárias, hipócritas e impiedosas. Com um tom irônico, o autor mescla o oportunismo com a credulidade, a esperteza com o abuso da boa fé, a mentira com a ingenuidade e a realidade com a aparência. Eça aponta o conservadorismo da igreja e o tradicionalismo burguês como causa maior da estagnação de Portugal. Para ele, tais práticas impediam o progresso e levavam a sociedade portuguesa à decadência moral. Numa época onde a religião cristã era frequentada, em sua maioria, pelos burgueses, tendo como “figurante” a classe trabalhista, o trabalho era super valorizado com intuito de acalmar os ânimos dos proletariados e a filosofia de que eles não deveriam desejar mais do que lhes era dado era pregada fervorosamente pelo catolicismo a todo tempo. No entanto, a contradição entre os ideais difundidos e os atos praticados era gritan…