Projeto Poesia às 2as.feiras

Resultado de imagem para livros de mario quintana

QUINTANA, Mario. O último viandante. IN: A cor do invisível. 2a.ed., São Paulo, Globo, 1989, p.12

Era um caminho que de tão velho, minha filha,

já nem sabia mais onde ia...
Era um caminho
velhinho,
perdido...
Não havia traços
de passos no dia
em que por acaso o descobri:
pedras e urzes iam cobrindo tudo.
O caminho agonizava, morria
sozinho...
Eu vi...
Porque são os passos que fazem os caminhos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância das Bibliotecas em 33 motivos.

“A virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que o talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso...."

O sabão, de Monteiro Lobato