Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2019

Melhores Livros com Protagonistas Femininas Marcantes

Imagem
Rainhas, guerreiras, senhoras, casadas, solteiras, aventureiras, jovens ingênuas. Conheça os melhores livros com protagonistas femininas.  01 – As Brumas de Avalon (1979) – de Marion Zimmer Bradley, escritora inglesa. A história do Rei Arthur pela ótica das mulheres. Em especial, a relação conflituosa do Rei com a meia irmã Morgana Le Fay. Uma saga em quatro volumes, transformada numa mini-série de sucesso na televisão. 02 – Anna Karenina (1877) – de Liev Tolstói, escritor russo. Uma paixão proibida nasce de um simples olhar e caminha gradualmente para um desfecho impactante. Conflitos de uma relação corroída e outra idealizada e oprimida pela sociedade. Ganhou diversas adaptações para o cinema. 03 – O Diário de Anne Frank (1947) – de Annelies Marie Frank, escritora alemã. A história autobiográfica de uma jovem alemã de origem judaica que se refugia com a família em Amsterdã para escapar dos horrores do nazismo. Mas o destino é implacável e sua história torna-se conhecida apenas quando o…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
RICARDO, Cassiano. Cidadezinha de interior. IN: Martim Cererê. 23a.ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2006. p.178

Uma ermida e um curral
como que para dizer, por inocência,
que o Menino Jesus não nasceu entre rosas,
mas entre bois.

Logo depois brota a cidadezinha branca.
É uma menina, ainda descalça.

As casas tortas de janela azul
dançam de roda, de mãos dadas.

Há duas bandas de música, logo de começo,
uma da oposição e outra dos canários.
Todos os dias da semana são domingos de ramos.

Dentro da ermida
Nossa Senhora brinca de pular corda num arco-íris.

Cada enterro parece uma festa
e cada procissão lembra um rio de gente...
Não há iluminação, há muitas luas.
E os bois passeiam pelas ruas, fundadores.
Até que um dia o legislador das posturas municipais se impacienta
e manda proibir os bois de passearem nas ruas.
Como se a origem da cidadezinha branca não fosse um curral
E como se o Menino Jesus não houvesse nascido entre bois
Quem sabe se o legislador das posturas municipais
pensa que o Menino Jesus nasceu e…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
MEIRELES, Cecília. Tudo acaba aqui dentro. IN: Mar absoluto e outros poemas; Retrato natural. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1983. p.182 (Poiesis)

Tudo cabe aqui dentro:
vejo tua casa, tuas quintas de fruta,
as mulas deixando descarregarem seirões repletos,
e os cães de nomes antigos
ladrando majestosamente
para a noite aproximada.

Range a atafona sobre uma cantiga arcaica:
e os fusos ainda vão enrolando o fio
para a camisa, para a toalha, para o lençol.

Nesse fio vai o campo onde o vento saltou.
Vai o campo onde a noite deixou seu sono orvalhado.
Vai o sol com suas vestimentas de ouro
cavalgando esse imenso avião do céu.

Tudo cabe aqui dentro:
teu corpo era um espelho pensante do universo.
E olhavas para essa imagem, clarividente e comovida.

Foi do barro das flores, o teu rosto terreno,
e uns liquens de noite sem luzes
se enrolaram em tua cabeça de deusa rústica.

Mas puseram-te numa praia de onde os barcos saíam
para perderem-se.
Então, teus braços se abriram,
querendo levar-te mais longe:
porque eras a qu…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
QUINTANA, Mario. O último viandante. IN: A cor do invisível. 2a.ed., São Paulo, Globo, 1989, p.12

Era um caminho que de tão velho, minha filha,
já nem sabia mais onde ia...
Era um caminho
velhinho,
perdido...
Não havia traços
de passos no dia
em que por acaso o descobri:
pedras e urzes iam cobrindo tudo.
O caminho agonizava, morria
sozinho...
Eu vi...
Porque são os passos que fazem os caminhos!

Prefeitura promove premiação para incentivar produção literária da cidade

Imagem
Entre os próximos dias 4 e 22 de fevereiro, a Prefeitura de Guarulhos receberá inscrições para o Prêmio de Literatura Guarulhense 2019. A iniciativa da Secretaria de Cultura, que nesta edição tem foco na produção de contos, crônicas e poesia, objetiva valorizar tais estilos literários em sua manifestação escrita, além de contribuir para o aperfeiçoamento e a difusão da produção local. Podem participar autores, estudantes de diversos níveis, escritores iniciantes de diferentes gêneros (dramaturgia, poesia, conto, ensaio, etc.) e interessados em literatura e redação residentes em Guarulhos. As inscrições são gratuitas.


A comissão julgadora, composta por membros com notório saber no campo literário e indicados pela Academia Guarulhense de Letras (AGL), selecionará 30 poemas e 20 crônicas ou contos inéditos, a partir de critérios amplamente descritos no edital. Os trabalhos selecionados serão publicados em antologias e cada autor publicado receberá um total de 30 exemplares da publicação. Ins…