Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
QUINTANA, Mário. Poema transitório. IN: Baú de espantos. Rio de Janeiro, Alfaguara, 2014. p.20
Eu que nasci na era da fumaça: -- trenzinho vagaroso com vagarosas paradas em cada estaçãozinha pobre para comprar pastéis pés de moleque sonhos -- principalmente sonhos! porque as moças da cidade vinham olhar o trem passar: elas suspirando maravilhosas viagens e a gente com um desejo súbito de ali ficar morando sempre... Nisto, o apito da locomotiva e o trem se afastando e o trem arquejando é preciso partir é preciso chegar é preciso partir é preciso chegar... Ah, como está vida é urgente! ... no entanto eu gostava era mesmo de partir... e -- até hoje -- quando acaso embarco para alguma parte acomodo-me no meu lugar fecho os olhos e sonho: viajar, viajar mas para parte nenhuma... viajar indefinidamente... como uma nave espacial perdida entre as estrelas.

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
NETHO, Paulo ; IRUSTRA, Carla (Ilustr.) Quer saber. IN: Bolinho de chuva e outras miudezas. São Paulo, Peirópolis, 2011. p.26
Bem de leve -- de levezinho -- toquei as mãos secretas do menino Deus. Distraído, brincava no jardim do céu, o menino. Claro que viu. Me viu, sim! Até me piscou de revestrés, assim: umas duas, três vezes. Quer saber? Esse menino é o menino mais positivo de legal que jamais conheci outro igual e tchau.

Além dos dias marcados, a Biblioteca Monteiro Lobato estará fechada em Janeiro (do dia 01 a 20) para inventário.

Imagem

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
SILVA, Abel. Do bem e do mal. IN: Só uma palavra me devora: poesia reunida e inéditos. 3a.ed. Rio de Janeiro, Record, 2001. p.177
Não é de agora foi sempre assim da primeira semente o primeiro Caim.

Biblioteca Indica: Sempre é tempo para bons sentimentos.

Imagem
"Todo o nosso conhecimento se inicia com sentimentos."


SCHOLES, Katherine; INGPEN, Robert. Tempos de paz. Localização: J S391t A Unesco, desde sua criação no final da Segunda Guerra Mundial, já declarava: As guerras nascem no espírito dos homens; logo, é no seu espírito que precisam ser erguidos os baluartes da paz. Aprenda a resolver pacificamente os problemas de sua vida - primeiro que tudo. Isso porque a paz começa com você. No seu próprio quintal. Ainda há as imagens belíssimas de Robert Ingpen que interagem com o tom questionador e reflexivo do livro. Sua leitura contribuirá para sensibilizar a criança a ter uma relação harmoniosa consigo mesma, com os outros e com a natureza.

GEE, Darien; KLESCK, Alice. O pão da amizade. Localização: F G263p Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simpl…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
QUINTANA, Mário. Os ceguinhos. IN: Baú de espantos. Rio de Janeiro, Alfaguara, 2014. p.57
Um dia, um ceguinho de nascença... -- pois bem, para ser mais explícito e para conservar por mais algum tempo a sua passageira imagem neste mundo -- um dia numa daquelas nossas conversas de bar, o sanfonista Artur Eisner me confessou: "Bem sei que, para vocês, eu, teoricamente, estou nas trevas." Teoricamente?! -- pensei, num comovido espanto. Talvez no mesmo silencioso espanto com que os anjos escutam as palavras que digo  dentro da minha treva iluminada.

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
QUINTANA, Mário. Espantos. IN: Baú de espantos. Rio de Janeiro, Alfaguara, 2014. p.39
Neste mundo de tantos espantos cheio das mágicas de Deus, O que existe de mais sobrenatural São os ateus...