Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
QUINTANA, Mário. Um nome na vidraça. IN: Baú de espantos. Rio de Janeiro, Alfaguara, 2014. p.74
A guriazinha desenha as letras do seu nome na vidraça -- encantadoramente malfeitas -- as letras escorrem... Enquanto isso, umas pessoas morrem, outras nascem... Entre umas e outras, viro mais uma página desta novela policial. E exatamente à página 293, verifico, quando o herói vai torcendo cautelosamente o trinco da porta, interrompo a leitura e ele e todos os outros personagens ficam parados. Eu sou o Deus catastrófico: não ligo, olho agora a litografia da parede -- um trigal muito louro e acima dele apenas uma asa contra o céu azul. É como se eu abrisse uma janela na frustração da chuva! Bem, neste momento as pessoas já devem ter morrido ou nascido. A verdade, minha filha, é que eu não sei como parar este poema: nos dias de chuva sobem do fundo do mar os navios fantasmas, sobem ruas, casas, cidades inteiras, e procissões, manifestações, os primeiros e os últimos encontros, o padre-cura e o boticário discutindo po…

Então, você costuma estar mais do lado esquerdo ou direito?

Imagem

Ciclo de Palestras Atualidades

Imagem

Biblioteca Indica: grandes amores, grandes romances

Imagem
"Sonharás uns amores de romance, quase impossíveis. Digo-lhe que faz mal, que é melhor contentar-se com a realidade; se ela não é brilhante como os sonhos, tem pelo menos a vantagem de existir." Machado de Assis


SHAKESPEARE, William. Romeu e Julieta. Localização: 82-2 S539s Em Verona, na Itália, por volta de 1600, a rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos acentua-se e os conflitos estendem-se a parentes e criados, apesar do apelo do príncipe pela paz.Num baile de máscaras na casa dos Capuletos, Romeu Montecchio conhece Julieta Capuleto. A paixão é mútua e instantânea.

Prefeitura de Guarulhos oferece intensa programação artística no Complexo Cultural do Lago

Imagem
Artes plásticas, artesanato, feira de arte e cultura, música, teatro. Entre os dias 7 e 29 de julho, aos sábados e domingos, das 15h às 21h, a Prefeitura de Guarulhos oferece uma programação intensa, diversificada e gratuita de atividades de lazer e entretenimento com foco artístico e turístico no Complexo Cultural do Lago de Vila Galvão. Iniciativa da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), a ação tem como objetivo a ocupação dos espaços públicos com arte e cultura para todos os gostos. O Complexo Cultural do Lago de Vila Galvão é composto pela Praça Cícero de Miranda, Biblioteca Municipal “Paulo do Carmo Dias", Museu Histórico de Guarulhos, Centro Permanente de Exposições “Prof. José Ismael” e Teatro Nelson Rodrigues. Dentre os destaques da programação estão as atividades voltadas ao movimento hip hop, que acontecem no dia 7 de julho, sábado, a partir das 15h, que marcam a reabertura do Centro Permanente de Exposições de Arte "Prof. José Ismael" e cont…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
SOUZA, Angela Leite de. O menor barco do mundo. IN: Entre linhas. Belo Horizonte, Lê, 2013. p.14
Vovó me contou um dia que lá no oceano existia um barco tão pequenino que nele não poderia navegar nem um menino assim do meu tamanhinho. -- Pra que serve então, vovó, um barco sem remador? -- Acontece, Betinho, que esse barquinho só por descuido passou a boiar. Não gostava de água e sal, trabalhava sem parar. Mas, um dia escorregou do dedo de uma velha que tirava seu cochilo no convés de um navio e catapimba! no mar... Esse barquinho era aquele dedal que vovó usava pra costurar!



Vai começar a 25ª Bienal do Livro

Imagem
A 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontecerá de 03 a 12 de Agosto de 2018 no Pavilhão de Exposições do Anhembi. O evento é palco para o encontro das principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, apresentando seus mais importantes lançamentos para aproximadamente 700 mil visitantes em um espaço total de 70 mil m². Além da grande oferta de livros, a Bienal do Livro ainda conta com uma programação cultural abrangente, mesclando literatura, gastronomia, cultura, negócios e muita diversão!
QUANDO ACONTECE? De 03 a 12 de Agosto de 2018 Pavilhão de Exposições do Anhembi Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Santana - CEP 02012-021 São Paulo - SP Horário de Visitação: Segunda à sexta-feira, das 9h às 22h (com entrada até as 21h) Sábados e domingos, das 10h às 21h (com entrada até as 19h)
Ingressos: Meia: R$ 12,50 Inteira: R$ 25,00
Regras Gerais • Credenciamento gratuito e exclusivo para professores, bibliotecários e demais profissionais da cadeia produtiva do livro, como: escritores, tradu…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
SILVA, Abel. Zumbis. IN: Só uma palavra me devora: poesia reunida e inéditos. Rio de Janeiro, Record, p.164
Sentir pelos amores dos outros nas novelas chorar por amores coloridos nos cinemas a própria vida nada eco de outras vidas pobres almas sem dono transferidas sempre sonhando outros corpos desgarradas.

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
SILVA, Abel. Primeiras chuvas. IN: Só uma palavra me devora: poesia reunida e inéditos.  3a.ed. Rio de Janeiro, Record, 2001. p.239
Tudo dói mais no inverno: a última faixa do disco as juntas um até logo.

A Biblioteca apresenta exposição do artista baiano Waldomiro de Deus

Imagem
Até o dia 14 de julho, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e sábados das 9h às 14h, o Salão Expositivo da Biblioteca Monteiro Lobato apresenta as obras do pintor e desenhista baiano Waldomiro de Deus. A exposição, cujas fotos integram o acervo da Seção de Artes Visuais da Secel (Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer), é gratuita e tem classificação livre.  Artista autodidata, Waldomiro de Deus é considerado o maior primitivista brasileiro e reconhecido internacionalmente como um dos mais criativos pintores naifs (pinturas de artistas sem formação acadêmica sistemática). Dentre os temas presentes em suas pinturas estão o cotidiano e o folclore de sua terra natal, Itagibá, na Bahia e mostram festas populares, histórias sobre mula-sem-cabeça e lobisomens. A presença de três cachorrinhos também é uma constante em suas telas. Waldomiro de Deus possui obras que já foram expostas em galerias, bienais e salões de Artes em Paris, Moscou, Londres, Jerusalém, Nova York, Milão, Frankfu…