Projeto Poesia às 2as.feiras

Resultado de imagem para poesias
Blog Boa Poesia
GULLAR, Ferreira. Fotografia de Mallarmé. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.438

é uma foto
premeditada 
como um crime

         basta
reparar no arranjo
das roupas os cabelos
a barba tudo
adrede preparado
-- um gesto e a manta
equilibrada sobre
os ombros
caíra -- e
especialmente a mão
com a caneta
detida acima da
folha em branco: tudo
à espera
da eternidade

         sabe-se
após o clique
a cena se desfez na
rua de Rome a vira voltou
a fluir imperfeita
mas
isso a foto não
captou que a foto
é a pose a suspensão
do tempo
     agora
     meras manchas
     no papel raso
mais eis que
teu olhar
encontra o dele
(Mallarmé) que
ali
do fundo
da morte

olha







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância das Bibliotecas em 33 motivos.

“A virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que o talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso...."

O sabão, de Monteiro Lobato