Projeto Poesia às segundas-feiras


SANTOS, Edson Robson Alves dos. Guerreiros de outrora IN: Cadernos negros, v.31. São Paulo, Quilombhoje, 2008. p.38

Serra da Mantiqueira
Escarpas tropicais
Areias finas
Águas cristalinas

Lágrimas que brotam das pedras
Advertência da mãe que chora
Por seus filhos dizimados
Pobres andarilhos de agora.

Praia de Maranduba
Casas de palhoças
Quilombo de Caçandoca
Ubatuba

Nas altas serras
Entre névoas
Em graníticas rochas
Breves chuvas
De nuvens baixas.

Estrada dos Tamoios
Caminhos de muitos
Guerreiros de outrora
Que a vista não alcança agora


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância das Bibliotecas em 33 motivos.

“A virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que o talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso...."

O sabão, de Monteiro Lobato