Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

PAINEL DE CITAÇÕES DE MONTEIRO LOBATO

Imagem

BIBLIOTECA INDICA: AMOR PELOS ANIMAIS

Imagem
Podemos julgar o coração de um homem pela forma como ele trata os animais.

BOWEN, James. Um gato de rua chamado Bob. Localização: F B782g Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação.


GROGAN, John. Marley e eu. Localização: F G896m Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranqüilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.

KOPELMAN, Jay. De Bagdá, com muito amor. Localização física: F K85d O tenente-coronel Jay Kopelman e…

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
BANDEIRA, Manuel. Carlos Drummond de Andrade. IN: Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 2008. p.258

Louvo o Padre, louvo o Filho
O Espírito Santo louvo.
Isto feito, louvo aquele
Que hora chega aos sessent'anos
E no meio de seus pares
Prima pela qualidade:
O poeta lúcido e límpido
Que é Carlos Drummond de Andrade.

Prima em Alguma poesia,
Prima em Brejo das almas.
Prima na Rosa do povo,
No Sentimento do mundo.
(Lírico ou participante,
Sempre é poeta de verdade
Esse homem lépido e límpo
Que é Carlos Drummond de Andrade.)

Como é fazendeiro do ar,
O obscuro enigma dos astros
Intui, capta em claro enigma.
Claro, alto e raro. De resto
Ponteia em viola de bolso
Inteiramente à vontade
O poeta diverso e múltiplo
Que é Carlos Drummond de Andrade.

Louvo o Padre, o Filho, o Espírito
Santo, e após outra Trindade
Louvo: o homem, o poeta, o amigo
Que é Carlos Drummond de Andrade

Atenção!
As Bibliotecas Públicas Municipais de Guarulhos não abrirão neste sábado  (15 de novembro) em virtude do Feriado Proclamação da República.

Exposição Memórias da Biblioteca

Imagem
Em comemoração dos 74 anos da Biblioteca Municipal de Guarulhos Monteiro Lobato haverá a exposição de fotos, de várias datas, do prédio da biblioteca, seus serviços, inauguração e fundadores.
Não perca!
Biblioteca Monteiro Lobato (Endereço)
De 01 a 30 de Novembro 2014
De segunda a sexta, das 09hs às 19hs e sábados das 09hs às 18hs

PROJETO BIBLIOTECA INDICA: ENCANTOS E DESENCANTOS

Imagem
Princesas: dos contos de fadas à vida real.



RUBIN, Harriet. A princesa: Maquiavel para mulheres. Localização física: 159.9 B834p O livro pretende pôr por terra algumas crenças que nos ensinaram sobre como nos impor e vencer no mundo dos homens. Ao investigar por que o sexo feminino tem dificuldade em alcançar o poder, a autora chega a uma conclusão não muito surpreendente: as mulheres vencem menos porque ninguém quer que elas vençam. Nem mesmo elas. A simples idéia de vencer traz a sensação de culpa.


BÉDIER, Joseph. O romance de Tristão e Isolda. Localização física: 398.2 B359r A idéia subjacente a "O Romance de Tristão e Isolda" e que desde seu aparecimento faz da obra um sucesso é a da fatalidade do amor; é esse o espírito que a anima até o fim e que circula em todos os seus episódios. O leitor irá descobrir a misteriosa beleza mítica de certos episódios, a feliz invenção de outros mais modernos, o imprevisto das situações e dos sentimentos.

LACEY, Robert. Grace. Localização físic…

ANIVERSÁRIO DE 74 ANOS DA BIBLIOTECA MONTEIRO LOBATO

Imagem
Confira a programação de aniversário da principal biblioteca pública da cidade de Guarulhos - SP

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
QUINTANA, Mário. Cinco fábulas. IN: Nova antologia poética. São Paulo, Globo, p.135

Para Antônio Brasil Milano

1.
A mosca, a debater-se: "Não! Deus não existe!
Somente o Acaso rege a terrena existência!"
A aranha: "Glória a Ti, Divina Providência,
Que à minha humilde teia essa mosca atraiste!"

2.
Com a pele do leão, vestiu-se o burro um dia.
Porém no seu encalço, a cada instante e hora,
"Olha o burro! Fiau! Fiau! gritava a bicharia...
Tinha o parvo esquecido as orelhas de fora!

3. 
Mono Velho, a gemer de gota, avista um leão,
Qual gota! Qual o quê! Logo trepa a um coqueiro.
Nada, para esquecer uma aflição,
Como um grande tormento verdadeiro...

4. 
Gato do mato e leão, conforme o combinado,
Juntos caçavam corças pelo  mato.
As corças escaparam... Resultado:
Não escapou o gato.

PROJETO BIBLIOTECA INDICA: PROFESSOR, MEU MESTRE

Imagem
Ensinar, a mais nobre de todas as missões!


CHALITA, Gabriel. Histórias de Professores que Ninguém Contou.

Localização física:  F C426h
Gabriel Chalita conta algumas histórias vividas em sala de aula por professores que 
souberam fazer a diferença no futuro de seus alunos, orientando-os e estimulando-os a 
descobrirem suas potencialidades e talentos. O autor conta que as histórias do livro foram 
vividas, ouvidas ou imaginadas, e trazem à tona narrativas como as que contam sobre a 
professora que brinca com os alunos apesar dos problemas em casa e do aluno que 
encontra a ex-professora querida, anos depois. 



DAHL, Roald. Matilda.
Localização física: J D129m
Matilda adorava ler.  Mas, quanto mais ela lia e aprendia, mais aumentavam seus 
problemas. Os pais viam televisão o tempotodo e achava muito estranho uma menina 
gostar tanto de ler.  Depois de mil peripécias, em que tentou se livrar da tirania dos pais e da 
diretora, Matilda acabou encontrando a compreensão de uma professora, Srta. Mel, com 
qu…

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
CAPPARELLI, Sérgio; GRUSZYNSKI, Ana (Ilust.) Seu lobo. IN: 111 poemas para crianças. Porto Alegre, L&PM, p.19

Seu Lobo, por que esses olhos tão grandes?
Pra te ver, Chapeuzinho.

Seu Lobo, pra que essas pernas tão grandes?
Pra correr atrás de ti, Chapeuzinho.

Seu Lobo, por que esses braços tão fortes?
Pra te pegar, Chapeuzinho.

Seu Lobo, pra que essas patas tão grandes?
Pra te apertar, Chapeuzinho.

Seu Lobo, por que esse nariz tão grande?
Pra te cheirar, Chapeuzinho.

Seu Lobo, por que essa boca tão grande?
Ah, deixa de ser enjoada, Chapeuzinho!

PROJETO BIBLIOTECA INDICA: PEQUENOS LEITORES

Imagem
Os clássicosnão saem de moda!


LOBATO, Monteiro. Reinações de Narizinho. Localização física: ML-J L778r Um clássico da literatura infantil brasileira que continua atual como nunca. O livro deu origem à série Sítio do Pica-Pau Amarelo e exibe as aventuras dos personagens Emília, Pedrinho e Narizinho, Visconde de Sabugosa, Dona Benta e Tia Nastácia.

ESOPO. Fábulas de Esopo (620-560 a.C.) Localização física: J E73f As fábulas clássicas de Esopo, há 2500 anos divertem e educam crianças e adultos. As mais conhecidas e lidas são: A Tartaruga e a Lebre; A Raposa e as Uvas e O Lobo e o Cordeiro.

ZIRALDO. O Menino Maluquinho. Localização física: J Z69m Lançado em 1980, o livro conta com um protagonista divertido, travesso e arteiro. Este personagem vive sua juventude ao lado dos companheiros de traquinagem - o fofinho Bocão, Junin, Lúcio, Herman, Julieta, Carol e Nina. Juntos eles brincam, conversam e se divertem.

Oficina: Mediação de leitura e contação de histórias

Imagem
Mediação de leitura e contação de histórias como ferramentas pedagógicas.
Participe!
Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
15 de Outubro 2014 (quarta-feira)
19:00 ÀS 20:30

Lançamento do livro “Descomplicando a musculação”

O livro “Descomplicando a Musculação”, do escritor Geoclécio Silva Rolim, busca instigar no leitor a busca de conhecimentos científicos, colocando em perspectiva possíveis ensinamentos anteriores com relação à prática da Musculação.
Indicação: livre. Entrada franca. Informações: 2087-4177.
Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
18 de Outubro 2014 (sábado)
14h

Lançamento do livro “Fragmentos, sentimentos de uma vida”

O livro “Fragmentos, sentimentos de uma vida”, do escritor Cláudio Lúcio Braga, é uma reunião de poesias que retrata os sentimentos humanos e suas paixões, em que o autor faz a crítica a uma sociedade injusta, por uma vida onde haja menos desigualdade social.
Indicação: livre. Entrada franca.
Informações: 2087-4177.
Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço) 11 de Outubro 2014 (sábado) 19h

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
MATTOSO, Glauco. Eleitoreiro. IN: Póetica na Política: cem sonetos panfletários. São Paulo, Geração, 2004, p.9

Fulano é candidato e, na pesquisa,
dispara feito um Senna, lá na frente.
Sicrano também quer ser presidente,
Mas, como é governista, se narcisa.

Fulano em bronca nada economiza.
Sicrano, o branco, rindo, mostra o dente.
Barbudo, diz Fulano, que "Ele mente!"
Farsante, tem Sicrano a cara lisa.

Por fora corre o cínico Beltrano,
Gozando, no debate, os dois primeiros:
"Aquele dá calote; este dá cano!"

Produto, todos três, dos marqueteiros,
não tem ciência ou fé; projeto ou plano:
iguais, de resto, aos outros brasileiros.



Varal de Poesias

Imagem
O Varal deste mês tem como intuito exprimir poeticamente o conflito razão e desejo, imagem central nas obras eróticas. Traçando um breve panorama da presença da sexualidade na poesia ao longo de sua história, vai de Petrônio a Glauco Mattoso, com passagens por Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Manuel Bandeira e outros, serão apresentadas múltiplas faces do sexo como experiência estética. Entrada franca.
Indicação: 12 anos. Informações: 2087-4177.
Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço) 1º a 31 de Outubro 2014 De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30, sábados das 9h às 17h30