Projeto Poesia às 2as.feiras

Resultado de imagem para bolinho de chuva livro

NETHO, Paulo ; IRUSTRA, Carla (Ilustr.) O menino esquecido. IN: Bolinho de chuva e outras miudezas. São Paulo, Peirópolis, 2011. p.12

O menino esquecido
esquecia-se de quse tudo
até do próprio nome.

Morava perto da casa
dum velho jardineiro:
negro, diáfano e risonho.

Ciumento, o menino cismou
que o risonho velho estava 
de blá-blá-blá com alguém.

Só porque viu o homem
chamar umas plantinhas
de "Minhas meninas".

O menino achou bonito,
mas não entendia
por que tamanho carinho.

O velho, então,
lhe explicou que era
sujeito namorador.

O menino achou graça:
-- Quem namoraria 
com o senhor?

-- As flores, o tempo,
as folhas caídas
e passarinhos sem vento...

Dizem que disso
o menino esquecido
jamais se esqueceu.
Postar um comentário