A importância da Biblioteca em uma sociedade desenvolvida: Manifesto da UNESCO

Manifesto da UNESCO para a Biblioteca Pública.

Liberdade, prosperidade e desenvolvimento da sociedade e dos indivíduos são valores humanos fundamentais. E eles só serão alcançados pela capacitação de cidadãos bem informados para exercerem seus direitos democráticos e terem papel ativo na sociedade. 

Participação construtiva e desenvolvimento da democracia dependem tanto de educação adequada como do livre e irrestrito acesso a conhecimento, pensamento, cultura e informação. 

A biblioteca pública, porta de entrada para o conhecimento, proporciona condições básicas para a aprendizagem permanente, a autonomia de decisão e o desenvolvimento cultural dos indivíduos e grupos sociais. 

Este Manifesto proclama a crença da Unesco na biblioteca pública como força viva para a educação, cultura e informação, e como agente essencial para a promoção da paz e do bem -estar espiritual da humanidade. 

Em decorrência, a UNESCO estimula governos nacionais e locais a apoiarem o desenvolvimento das bibliotecas públicas e se comprometerem ativamente com ele.


dalva day
Missão da Biblioteca Pública

As seguintes missões básicas, relacionadas à informação, alfabetização, educação e cultura, devem estar na essência dos serviços da biblioteca:

1. Criar e fortalecer o hábito da leitura nas crianças na mais tenra idade.
2. Apoiar tanto a educação individual e autodidata como a formal em todos os níveis.
3. Proporcionar oportunidades para o desenvolvimento criativo pessoal. 
4. Estimular a imaginação e a criatividade tanto de crianças como de jovens e adultos. 
5. Promover o conhecimento da herança cultural e a apreciação das artes, realizações e inovações científicas. 
6. Propiciar acesso às expressões culturais das artes em geral.
7. Fomentar o diálogo intercultural e favorecer a diversidade cultural.
8. Apoiar a tradição oral.
9. Garantir acesso aos cidadãos a todo tipo de informação comunitária.
10. Proporcionar serviços de informação adequados a empresas locais, associações e grupos de interesses.
11. Facilitar o desenvolvimento da informação e da habilidade no uso do computador.
12. Apoiar atividades e programas de alfabetização para todos os grupos de idade, participar deles e implantá-los se necessário.

Os administradores em âmbito nacional e regional e o universo da comunidade bibliotecária, em nível mundial, estão desta forma convocados à implantar os princípios expressos neste Manifesto.

Fonte: ANTUNES, WALDA DE ANDRADE. Curso de capacitação para dinamização e uso da biblioteca pública. São Paulo: Global, 2000.

Postar um comentário