Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Era uma vez...uma história que você vai precisar ouvir.

Imagem
Serviço:
Biblioteca Monteiro Lobato, Auditório Pedro Dias Gonçalves (11) 2087-6900 www.biblioguarulhos.com.br Entrada Gratuita
Indicação livre

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Visita. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.441




no dia de
finados ele foi
ao cemitério
porque era o único
lugar do mundo onde
podia estar 
perto do filho mas
diante daquele
bloco  negro
de pedra
impenetrável
entendeu
que nunca mais
poderia alcançá-lo

Então
apanhou do chão um
pedaço amarrotado
de papel escreveu
eu te amo filho
pôs em cima do
mármore sob uma
flor
e saiu soluçando



Coloque mais sabor na hora do seu almoço.

Imagem

Alguns bons motivos para ler Drummond a vida inteira

Imagem
Há muitos poetas bons no século XX no mundo todo, alguns realmente bons e um grupo seleto de cinco ou seis que são a base da poesia do século passado. Para nossa alegria, entre eles, está o mineiro Carlos Drummond de Andrade. Seria impossível – até inútil – tentar uma definição da abrangente obra de Drummond. Sua poesia é forte, complexa, sem deixar de ser acessível ao leitor comum. Podemos encontrar poemas sobre todos os temas possíveis, temáticas dos poetas clássicos até angústias contemporâneas. Ele versou sobre a existência, refletindo o sentido da vida e pondo a cada novo livro uma nova questão acerca da grande questão. Em todos os livros, de “Alguma Poesia” a “Farewell”, toca nesse ponto caro à Poesia. Solidão, angústia e a existência são postos em xeque inúmeras vezes. Em A bruxa, o poeta diz: Nesta cidade do Rio,
de dois milhões de habitantes,
estou sozinho no quarto,
estou sozinho na América. Drummond também tratou do passado – pessoal e nacional. Ao investigar sua infância …

Conheça nosso Sistema de Bibliotecas.

Imagem
Saiba mais: 
O Sistema de Bibliotecas Públicas de Guarulhos é composto pela Biblioteca Central Monteiro Lobato, Bibliotecas ramais e Bibliotecas especializadas. A Biblioteca Monteiro Lobato milhares de livros e dezenas de títulos de periódicos, que em sua maioria, podem ser retirados para empréstimo. Disponibiliza gratuitamente os serviços de empréstimo, consulta e orientação à pesquisa. Além de contar com espaços como a Gibiteca e Mangateca, Troca Livros e o Espaço Braille Profª Alice Ribeiro. Fazendo seu cadastro em uma das bibliotecas, automaticamente ele valerá para as demais bibliotecas do sistema (com exceção da ramal localizada no Jardim Guaracy). 

Confira regulamento, consulte os endereços das demais bibliotecas e pesquise nosso acervo.

Para reforçar as dicas, as oficinas deste último dia começam mais cedo. Confira:

Imagem

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Oswald morto. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.73

Enterraram ontem em São Paulo
um anjo antropófago
de asas de folha de bananeira
(mais um nome que se mistura à nossa vegetação tropical)

As escolas e as usinas paulistas
não se detiverem
para olhar o corpo do poeta que anunciara a civilização do ócio
Quanto  mais pressa  mais vagar

O lenço em que pela última vez
assoou o nariz
era uma bandeira nacional

NOTA:
Fez sol o dia inteiro em Ipanema
Oswald de Andrade ajudou o crespúsculo
hoje domingo 24 de outubro de 1954

MEC divulga nesta sexta-feira locais das provas do Enem 2017

Imagem
Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/mec-divulga-nesta-sexta-feira-locais-das-provas-do-enem-2017/O acesso ao cartão pode ser feito na Página do Participante e também no aplicativo do exame para celular.

A partir das 10h de hoje (20), os candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano poderão consultar o cartão de confirmação da inscrição, que contém informações como o local onde ele fará a prova. O acesso ao cartão pode ser feito naPágina do Participante e também no aplicativo do Enem para celular. ara acessar o cartão é preciso fornecer o número do CFP e a senha cadastrada durante a inscrição no Enem. Além do local de prova, o documento também informa o número de inscrição, a data e hora das provas, a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos ou especializados, caso tenham sido solicitados.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que, após conhecer o lugar onde fará a prova, os c…

Exposição Corpos Dúbios é destaque na Biblioteca Monteiro Lobato

Imagem
Entre os dias 21 de outubro e 11 de novembro, de segunda a sexta, das 9 às 18 horas, e sábados, das 9 às 14 horas, o artista plástico guarulhense Esdras Ferreira apresenta a Exposição Corpos Dúbios, na Biblioteca Monteiro Lobato, no centro de Guarulhos. A entrada é gratuita e a classificação é livre. A abertura do evento, que acontece nestesábado (21), às 14 horas, contará com performance do artista e tem classificação de 16 anos. Corpos Dúbios constrói um diálogo entre as obras e o espaço expositivo, buscando influenciar o público a se deslocar e a se posicionar de forma investigativa perante suas verdades internas e a sua relação com o externo. Há dois anos, Esdras Ferreira vem explorando diversos materiais para criar obras com mensagens íntimas, às quais cabe ao observador interpretá-las. Sobre o artista Esdras Ferreira é estudante de Licenciatura em Artes Visuais na Faculdade Paulista de Artes, docente voluntário na Escola Estadual Lydia Kitz Moreira e já participou de exposições cole…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. O lampejo. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.356

O poema não voa de asa-delta
não mora na Barra
não frequenta o Maksoud.
Pra falar a verdade, o poema não voa:
anda a pé
e acaba de ser expulso da fazenda Utupu
                                           pela polícia.

Como mal dorme mal cheira a suor,
parece demais com o povo:
                                            é assaltante?
                                            é posseiro?
                                            é vagabundo?
frequentemente o detêm para averiguações
          às vezes o espancam
          às vezes o matam
          às vezes o resgatam
          da merda
                         por um dia
e o fazem sorrir diante das câmeras da TV
de banho tomado.

O poema se vende
                se corrompe
confia no governo
desconfia
de repente se zanga
e quebra trezentos ônibus nas ruas de Salvador.

O poema é confuso
mas tem o rosto da história brasileira:
               tisnado de sol
   …

Fique atento aos dias de atendimento e aproveite seu feriado!

Imagem

A importância das Bibliotecas em 33 motivos. Porque as Bibliotecas e os bibliotecários se mantém extremamente importantes.

Imagem
33 RAZÕES: Não precisa ler todas as razões. Escolha três ou quatro se quiser, verá que bastam poucas delas pra te convencer da importância indiscutível dessa instituição. 


A sociedade não está pronta para abandonar a biblioteca, e provavelmente nunca estará. Bibliotecas podem adaptar-se as mudanças sociais e tecnológicas, mas elas não são substituíveis. Enquanto que as bibliotecas são distintas da internet, os bibliotecários são os melhores profissionais para guiar acadêmicos e cidadãos para um melhor entendimento de como encontrar informação de valor online. Certamente, existe muita informação online. Mas ainda existe muita informação em papel.  Ao invés de galopar cegamente através da era digital, guiado apenas pelos interesses corporativos da economia da web, a sociedade deveria adotar uma cultura de guias e sinalizações. Hoje, mais do que nunca, as bibliotecas e os bibliotecários são extremamente importantes para a preservação e melhoria da nossa cultura.
Will Sherman

Oficina Gratuita. Vá à Biblioteca mais próxima e participe!

Imagem

Grupo tenta refazer biblioteca após Estado Islâmico deixar Mossul

Imagem
Fonte: http://www.gazetaonline.com.br/noticias/mundo/2017/07/grupo-tenta-refazer-biblioteca-apos-estado-islamico-deixar-mossul-1014082755.html

Prédio virou quartel-general do EI e teve milhares de livros destruídos. Com retomada, historiador anônimo reúne voluntários para preservar obras que sobreviveram a 19 meses de ocupaçãoUm historiador iraquiano está tentando reconectar a cidade de Mossul com o resto do mundo com o resgate de livros e a reconstrução de uma biblioteca. Depois de dois anos e meio sob o domínio do Estado Islâmico (EI) e nove meses de batalha intensa entre os terroristas e o exército do Iraque, a cidade iraquiana ficou destruída e mais de 900 mil habitantes fugiram de suas casas. 
Com a vitória do governo iraquiano, decretada em 9 de julho, os sobreviventes agora começam a reconstruir uma cidade devastada. E a Biblioteca Central da Universidade de Mossul virou um dos símbolos do desafio. "Eu vou trabalhar neste projeto até que eu sinta que a biblioteca voltou a se…

Enem in Cena. Venha terminar sua preparação de um jeito diferente.

Imagem
O que é?  O Projeto ENEM in CENA surgiu como proposta de ensino de temas interdisciplinares presentes no Exame Nacional do Ensino Médio de uma forma mais descontraída, lúdica e que vá além dos muros da escola tradicional. A escolha do teatro como pano de fundo surgiu como uma forma de apresentar os temas escolhidos pela equipe de professores em múltiplas linguagens, além de permitir um contato inicial ou a afirmação da cultura teatral no cotidiano dos jovens estudantes.
A Interdisciplinaridade no ENEM: 
O ENEM organiza seus cadernos de provas em quatro grandes áreas:

-  Linguagens, códigos e suas tecnologias; -  Ciências Humanas e suas Tecnologias; -  Matemática e suas Tecnologias; -  Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

Banda Monte Pico faz shows nas bibliotecas.

Imagem
Nos dias 11 e 27 de outubro, a Prefeitura de Guarulhos, por meio do Projeto Literalmente Isso, convida a banda de reggae, MPB e rock Monte Pico para apresentações em bibliotecas da cidade. Na próxima quarta-feira, dia 11, às 10 horas, o trio se apresenta na Biblioteca José Mignela, que fica no Parque Júlio Fracalanza, na Vila Augusta. Já no dia 27, a apresentação acontece às 14h30, na Biblioteca Monteiro Lobato, no Centro. A entrada é gratuita e a classificação, livre.



A banda Lucas da Lua e Bruno Meraki compõem junto com Edi Marques o Monte Pico. O nome da banda se originou pelo gosto dos músicos por trilhas, acampamentos e escaladas de montes altos para contemplar belas paisagens, longos bate papos, em que muitas vezes eles se deliciaram ao redor de fogueira tocando violão. Esses momentos foram essenciais para a origem de muitas letras do grupo. Um dia, amigos de infância do bairro Jardim Paraíso decidiram montar uma banda. Das loucuras da juventude ao amadurecimento musical, os sonhos…

Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Fim. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.445

Como não havia ninguém
na casa aquela
terça-feira tudo
é suposição: teria
tomado seu costumeiro
banho
de imersão por volta
de meio-dia e trinta e
de cabelos ainda
úmidos
deitou-se na cama para
descansar não 
para morrer
        queria

dormir um pouco
apenas isso e 
assim não lhe
terá passado pela
mente - até 
aquele último segundo
antes de
se apagar no
silêncio -- que
jamais voltaria
ao ruidoso mundo
da vida

Oficinas Gratuitas!

Imagem

Curso Livre de História e Geografia

Imagem
Curso Livre de História da Cidade e Guarulhos.
Biblioteca Monteiro Lobato, Auditório Pedro Dias Gonçalves
Rua João Gonçalves, 439 Centro Guarulhos
Informações: (11) 2087-6900 ou aapah.org.br
Inscrições pelo site: aapah.org.br

6 inesquecíveis poemas de Manoel de Barros

Imagem
Fonte: http://www.portalraizes.com/1inesqueciveis-poemas-de-manoel-de-barros/ Retrato do artista quando coisa A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito.
Não aguento ser apenas
um sujeito que abre
portas, que puxa
válvulas, que olha o
relógio, que compra pão
às 6 da tarde, que vai
lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.
Perdoai. Mas eu
preciso ser Outros.
Eu penso
renovar o homem
usando borboletas. Tratado geral das grandezas do ínfimo A poesia está guardada nas palavras — é tudo que eu sei. Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a realidade.
Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossas).
Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado.
Sou fraco para elogio Os deslimites da palavra Ando muito completo de vazios.
Meu órgão de morrer me predomina.
Estou sem eternidade…