Ouça O Silêncio: Ele É Mais Importante Para Nossa Saúde Do Que Pensamos, Diz Estudos

As 10 Regras do Silêncio


  • Devemos ficar em silêncio se não tivermos nada de válido a dizer.
  • Devemos ficar em silêncio depois de termos dito educadamente o que pretendíamos.
  • Devemos ficar em silêncio até chegar à nossa hora de falar.
  • Devemos ficar em silêncio quando nos provocam.
  • Devemos aprender no silêncio a escutar a voz de Deus.
  • Devemos ficar em silêncio quando a ira nos toma.
  • Devemos ficar em silêncio quando nos falam, para que fique na nossa mente o que nos é dito.
  • Devemos ficar em silêncio quando nos sentimos tentados a falar mal de alguém.
  • Devemos ficar calados quando nos sentimos tentados a ferir com palavras ou a criticar negativamente.
  • Devemos ficar em silêncio o tempo suficiente para pensarmos, antes de darmos uma resposta.

Como o mundo ao redor torna-se cada vez mais barulhento e desordenado, você pode encontrar-se a procurar o alívio que os lugares silenciosos e o silêncio têm para oferecer. Este pode ser um movimento sábio, pois estudos estão mostrando que o silêncio é muito mais importante para o seu cérebro do que você poderia pensar.

As células cerebrais regeneradas podem ser apenas uma questão de silêncio

O crescimento de novas células no cérebro não necessariamente se traduz em benefícios tangíveis para a saúde. No entanto, neste caso, a pesquisadora Imke Kirste diz que as células pareciam se tornar neurônios funcionais, “Vimos que o silêncio está realmente ajudando as novas células geradas a se diferenciar em neurônios, e se integrar no sistema”. Neste sentido, o silêncio pode literalmente aumentar o seu cérebro.

O cérebro está ativamente internalizando e avaliando informações durante o silêncio

Um estudo de 2001 definiu um “modo padrão” da função cerebral que mostrou que, mesmo quando o cérebro estava “descansando”, era perpetuamente ativo internalizando e avaliando informações.
Quando você não está distraído por ruído ou tarefas orientadas por objetivo, parece haver um tempo de silêncio que permite que seu espaço de trabalho consciente processe as coisas. Durante esses períodos de silêncio, seu cérebro tem a liberdade que precisa para descobrir seu lugar em seu mundo interno e externo.

O silêncio alivia o estresse e a tensão

Verificou-se que o ruído pode ter um efeito físico pronunciado em nossos cérebros resultando em níveis elevados de hormônios do estresse.
Enquanto o ruído pode causar estresse e tensão; o silêncio esvazia a tensão no cérebro e corpo. Um estudo publicado na revista Heart descobriu que dois minutos de silêncio pode revelar-se ainda mais relaxante do que ouvir música “relaxante”. Eles basearam essas descobertas nas mudanças que perceberam na pressão sanguínea e na circulação sanguínea no cérebro.

Texto de Rebecca Beris, publicado originalmente em Lifehack – tradução e livre adaptação por Portal Raízes.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Espaço Troca Livros: Mulheres e a Guerra dos Farrapos