Projeto Poesia às 2as.feiras


GULLAR, Ferreira. A voz do poeta. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.297

Não é voz de passarinho
flauta do mato
viola

Não é voz de violão
clarinete pianola

É voz de gente
(na varanda? na janela?
na saudade? na prisão?)

É voz de gente -- poema:
fogo logro solidão
Postar um comentário