Projeto Poesia às 2as.feiras


GULLAR, Ferreira. No corpo. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.216

De que vale tentar reconstruir com palavras
        o que o verão levou
        entre nuvens e risos
junto com o jornal velho pelos ares?
O sonho na boca, o incêndio na cama,
o apelo na noite
agora são apenas esta
contração (este clarão?)
de maxilar dentro do rosto.

A poesia é o presente.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!