Projeto Poesia às 2as.feiras


CUNHA, Leo; CASTANHA, Marilda, CRUZ, Nelson. A árvore de Natal. IN: Cantigamente. 3a.ed., Rio de Janeiro, Ediouro, 2000. p.10

A árvore de Natal
invadia a decoração
moderna da minha sala.

Era de plástico e madeira,
tão morta quanto os outros
móveis mortos da casa.

Mas ela vivia:
crescia e multiplicava
presentes da noite pro dia.

Mamãe tentava me enganar
que era Papai Noel
quem trazia as surpresas.

Mas eu sabia muito bem:
aquela árvore de mentira
era na verdade, escondida,
um belo pé de brinquedo.
Postar um comentário