Vestibular: dicas para estudar os livros obrigatórios

As leituras obrigatórias ainda são um desafio para estudantes que desejam ingressar em universidades. Presentes nas provas de Português ou Literatura, as questões sobre obras literárias podem garantir pontos preciosos para os candidatos.

Acontece que a leitura dos clássicos exige uma reflexão muito grande e, para tornar essa experiência mais proveitosa possível, o UOL Vestibular separou algumas dicas de como ler um livro! Confira: (leia mais...)






1. Entenda o que a prova vai cobrar em relação às obras

De acordo com especialistas, antes de ler os livros para o vestibular, é preciso entender o que cada universidade cobra em relação às obras. Neste sentido, o segredo é tentar verificar um histórico das questões relacionadas às leituras obrigatórias em cada uma delas.

2. Consulte a lista de leituras obrigatórias o mais rápido possível

Como a lista de leituras obrigatórias não pode ser consumida de um dia para outro, vale a pena ficar atento para conseguir a informação do que é preciso ler o mais rápido possível.

– Confira a lista da Fuvest.

3. Antes de ler, entenda o contexto histórico das obras clássicas

Normalmente, as obras que são pedidas no vestibular representam um período histórico da Literatura. Por isso, é bom estar antenado nas características de cada fase marcada no livro. Para ler as obras, procure entender um pouco sobre o que cada escola literária representa. Procure saber, também, como era o país na época e como era a linguagem no período em que o livro foi escrito. Pontue na obra, trechos que possam representar essas características.

4. Procure ler as obras em ritmo lento e constante

Ler os livros para o vestibular em um ritmo muito rápido pode fazer com que pontos importantes passem batidos. A recomendação é que as leituras sejam feitas de forma lenta e que as leituras obrigatórias sejam alternadas com outros livros. Verifique quanto tempo você tem até as provas e encaixe as leituras no seu plano de estudos diários.

5. Ler apenas o resumo não adianta, fazer um resumo sim

Um dos maiores erros de quem tenta ter sucesso com as leituras obrigatórias é ler apenas os resumos. Muito do que é cobrado nas provas está relacionado a questões linguísticas e estilísticas dos autores e tudo isso é perdido nos resumos. Se ler um resumo não é eficaz, preparar o seu pode te ajudar ainda mais a entender e a relembrar a obra que leu. Isso é útil principalmente nos últimos dias de estudo para o vestibular.

6. Filmes podem ser bons complementos para obras


Ver um filme no lugar de ler um livro não é recomendado. Porém, assistir a adaptações de obras pode ajudar o estudante a entender melhor o enredo, que muitas vezes acaba sendo rebuscado.


Fonte: http://www.blogdogaleno.com.br/2016/07/20/vestibular-dicas-para-estudar-os-livros-obrigatorios
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura