Enem in Cena. Venha terminar sua preparação de um jeito diferente.

Imagem
O que é?  O Projeto ENEM in CENA surgiu como proposta de ensino de temas interdisciplinares presentes no Exame Nacional do Ensino Médio de uma forma mais descontraída, lúdica e que vá além dos muros da escola tradicional. A escolha do teatro como pano de fundo surgiu como uma forma de apresentar os temas escolhidos pela equipe de professores em múltiplas linguagens, além de permitir um contato inicial ou a afirmação da cultura teatral no cotidiano dos jovens estudantes.
A Interdisciplinaridade no ENEM: 
O ENEM organiza seus cadernos de provas em quatro grandes áreas:

-  Linguagens, códigos e suas tecnologias; -  Ciências Humanas e suas Tecnologias; -  Matemática e suas Tecnologias; -  Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

Morador de albergue troca a rua pelos livros

"Quando leio não me sinto sozinho", diz Lincoln
Sentado na última cadeira ao lado da janela, Lincoln Aparecido Silveira Lopes, de 52 anos, está compenetrado na leitura de O Céu Está em Todo Lugar,de Jandy Nelson. Frequentador assíduo da Biblioteca Monteiro Lobato, no Centro, chega ao local assim que abre e só vai embora quando o expediente encerra.
Tido como um sujeito educado, não é de muitas palavras. Mas, quando se propõe a falar, revela que sua jornada diária na biblioteca funciona como uma espécie de refúgio. Ele diz ler um livro por dia: são 300, 500 páginas. “Se aqui (a biblioteca) ficasse aberto até mais tarde, eu ficaria mais também”, diz o homem, que hoje tem como endereço o albergue da cidade.
Filho de um gráfico e de uma dona de casa, Lincoln conta que é guarulhense, tem duas irmãs e morava com os pais no Bom Clima. Sempre gostou de ler. “Na minha casa tinha uma biblioteca e eu lia de tudo”.
Com o falecimento dos pais, a casa onde ele vivia foi vendida. “Faz dez anos que eu vim morar nas ruas. Ficava em praças, no Bosque Maia. Há três anos, durmo no albergue”.


Lincoln diz ler um livro por dia em suas jornadas literárias
E as irmãs? “Cada uma tem sua família”, informa, sem esboçar ressentimentos. Algum trabalho? “Trabalhei em gráfica, mas já faz muito, muito tempo. Agora eu só faço bicos”.
Solteiro e sem filhos, Lincoln gosta de livros policiais. Porém, quando chega à Monteiro Lobato não tem uma obra em mente. Escolhe um título na hora. “Quando leio, não me sinto sozinho”, comenta, recomendando a leitura do “romance adolescente”, O Céu Está em Todo Lugar, já a poucas páginas do final.


Naquele refúgio silencioso à beira da janela, o céu, para Lincoln, parece estar mesmo na Biblioteca Monteiro Lobato.
Contracapa do livro traz mensagem acalentadora. "Eu recomendo", diz
Fonte: www.guarulhos.sp.gov.br
Reportagem: Monica Kikuti
Fotos: Fabio Nunes Teixeira

E NÓS, da Equipe Biblioteca Monteiro Lobato, ficamos imensamente satisfeitos e realizados em sermos um refúgio, um abrigo, não só para o Sr. Lincoln, como para tantos outros que entram em nossa casa e aqui encontram um pedaço de tranquilidade e paz, e seja por um dia inteiro ou por poucos instantes, conseguem esquecer o mundo à sua volta, criando o seu próprio, onde percebem que as coisas podem ser diferentes.

Faz parte de nossa missão preservar o Passado, proporcionar o Presente e ser um portal para o Futuro. 
EQUIPE BML
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura