Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Glauber morto. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.351

O morto não está de sobrecasaca
não está de casaca
não está de gravata.

O morto está morto

não está barbeado
não está penteado
não tem flor na lapela
um flor 
na calça
sapatos de verniz

não finge de vivo
não vai tomar posse 
na Academia.

O morto está morto
em cima da cama
no quarto vazio.

Como já não come
como já não morre
enfermeiras e médicos
não se ocupam mais dele.

Cruzaram-lhe as mãos
ataram-lhe os pés.

Só falta embrulhá-lo
e jogá-lo fora.



Mundo dos Quadrinhos



One Piece




Um mangá criado pelo mangaká Eiichiro Oda. Ainda em andamento no Japão e publicado no Brasil.

Sinopse:
Quando Gol D. Roger, o rei dos piratas, declara que seu tesouro escondido, o “One Piece”, será de quem conseguir achá-lo, começa a era dos piratas. Vários bandos e novos piratas perigosos surgem e organizações se formam. Vinte e dois anos depois da execução de Roger, o interesse em One Piece diminuiu exponencialmente. Em meio a toda essa confusão, está Luffy, o pequeno garoto de 17 anos que deseja ser o novo rei dos piratas. Muitos desistiram da idéia de obtê-lo por achar isso impossível e outros questionam a veracidade de sua existência. Entretanto, os piratas ainda representam uma grande ameaça para a vida dos cidadãos de diversas partes do globo e a Marinha se tornou o efetivo dispositivo de supressão ao fenômeno. Mas essa lacônica mudança não demove o espírito aventureiro dos Piratas do Chapéu de Palha, que viajam através da Grand Line (Grande Rota) (onde o fervor da Grande Era dos Piratas ainda é forte), em busca do tesouro de Roger. Embora os Chapéus de Palha freqüentemente encontrem-se em apuros com outros piratas, eles ainda estão sofrendo com a perseguição do Governo Mundial e da Marinha, e atualmente todos os membros tem cabeça a prêmio! 
É visto em One Piece, várias figuras de linguagens, estruturas literárias e características de romances, como heroísmo do protagonista e uma capacidade maior que o comum.
Interessante notar que alguns personagens são inspirados em figuras históricas como Mahatma Gandhi, Mikhail Gorbachev, Abraham Lincoln, Karl Marx, Albert Pike, Rutherford B. Hayes, Barba Negra. Há homenagens á artistas famosos: Michael Jackson, Eminem, Steven Tyler, Slash, Joey Jordison e Mick Foley; e referências a vários outros personagens: Zorro, Pinocchio, Rudolph, Ace Ventura, Aladdin e Dr. Frank-N-Furter.

A Biblioteca Monteiro Lobato possui a coleção parcialmente e as novas edições da Panini.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!