Conheça nosso Sistema de Bibliotecas.

Imagem
Saiba mais: 
O Sistema de Bibliotecas Públicas de Guarulhos é composto pela Biblioteca Central Monteiro Lobato, Bibliotecas ramais e Bibliotecas especializadas. A Biblioteca Monteiro Lobato milhares de livros e dezenas de títulos de periódicos, que em sua maioria, podem ser retirados para empréstimo. Disponibiliza gratuitamente os serviços de empréstimo, consulta e orientação à pesquisa. Além de contar com espaços como a Gibiteca e Mangateca, Troca Livros e o Espaço Braille Profª Alice Ribeiro. Fazendo seu cadastro em uma das bibliotecas, automaticamente ele valerá para as demais bibliotecas do sistema (com exceção da ramal localizada no Jardim Guaracy). 

Confira regulamento, consulte os endereços das demais bibliotecas e pesquise nosso acervo.

BIBLIOTECA INDICA: MONTEIRO LOBATO






"Loucura? Sonho?
Tudo é loucura ou sonho no começo. 
Nada do que o homem fez no mundo teve início de outra maneira - mas tantos sonhos se realizaram que não temos o direito de duvidar de nenhum."




Considerado o maior nome da literatura infantil brasileira e um dos maiores nomes da Literatura Geral, José Bento Monteiro Lobato nasceu em 18 de abril em Taubaté (SP) e morreu em 1948. Escreveu contos, ensaios, romances e muitos livros infantis que o tornaram popular. Fundou a Editora Monteiro Lobato (foi editor de novos talentos), mas pouco tempo depois faliu. Foi adido comercial nos EUA entre 1927 e 1931 e quando voltou ao Brasil, estava tão empolgado com a prosperidade do petróleo e do ferro que iniciou uma campanha a favor da exploração desses dois produtos. Esteve preso durante a ditadura, recusou uma cadeira na Academia Brasileira de Letras e em 1945 partiu para Argentina para cuidar das traduções de seus livros. Foi um eterno nacionalista e isso o fez rejeitar as novidades da vanguarda européia. Monteiro Lobato foi um crítico social e até mesmo seu personagem, Jeca Tatu - símbolo do caipira do interior – não escapou de suas críticas. Só mais tarde, é que passou a ter uma outra visão do personagem afirmando que o meio influenciou na miséria do jeca. Entre os anos de 1925 e 1950 foram vendidos quase 1 milhão e 500 mil exemplares de seus livros. Foi crítico de arte e literatura. Foi também pintor, jornalista, empresário, fazendeiro, advogado, sociólogo, tradutor, diplomata. Monteiro Lobato foi mais do que um escritor, foi um brasileiro notável e preocupado com o progresso do país e de sua gente. O clássico “O Sitio do Pica Pau Amarelo“ recebeu uma adaptação para TV e desde a década de 70 encanta o público que está diante da tela.
Algumas obras: Urupês, Negrinha, Idéias de Jeca Tatu, Ferro, A menina do narizinho arrebitado, Fábulas de Narizinho, Narizinho arrebitado, O Saci, O marquês de Rabicó, O noivado de Narizinho, As aventuras de Hans Staden, O Gato Félix, Peter Pan, Reinações de Narizinho, O pó de pirlimpimpim, Caçadas de Pedrinho, Novas reinações de Narizinho, Emília no país da gramática, Aritmética da Emília, geografia de Dona Benta, Dom Quixote das crianças, Memórias da Emília, Serões de Dona Benta, O poço do Visconde, Histórias de Tia Nastácia, O museu da Emília, O Pica pau Amarelo, O minotauro, Os doze trabalhos de Hércules, O presidente negro.



VISITE NOSSO ESPAÇO MONTEIRO LOBATO!




Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura