BIBLIOTECA INDICA: AMIZADE

"Um amigo é alguém que lhe conhece por completo e ainda assim gosta de você"Elbert Hubbard (1856-1915), jornalista americano. 

Morris, Gary. A amizade é pra sempre.
Localização: P A539
O livro mostra que quando duas pessoas acreditam uma na outra e são sempre sinceras entre si, quando tudo é compartilhado, você pode ter certeza que a amizade é para sempre.
GEE, Darien; KLESCK, Alice. O pão da amizade.
Localização: F G263p
Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simples bilhete "espero que você goste". Junto, há um pacote de farinha, instruções de como fazer o pão e um pedido para que ele seja compartilhado com outras pessoas. O pão da amizade conta uma historia espiritual e comovente sobre vida, amizade, dores e dificuldades, comida e família, mas também sobre a necessidade de mantermos acesa a esperança.

Belinky, Tatiana. Quatro amigos
Localização: J B38q

Esta é a história de quatro amigos e um pacto de solidariedade em que se comprova que é fácil se comprometer com palavras, mas somente os atos demonstram a verdadeira amizade e solidariedade.


Caldwell, Gail. A memória de uma amizade eterna.
Localização: F C152m
Uma sabia nadar. Outra, remar. As duas escritoras queriam trocar experiências e, por anos, Gail e Caroline remaram juntas. Esta é a história de duas amigas inseparáveis que só se desligaram fisicamente com a morte de Caroline Knapp. Eleito um dos 10 melhores livros de 2010 pelos jornais The New York Times, USA Today, pela revista Time e pelo site Salon.com, ficou meses na lista dos mais vendidos. Segundo a revista Time, trata-se de “Um livro de memórias perfeito: bonito, simples, emocionante e repleto de poderosos insights. Escrito para ser saboreado e dividido com os amigos”. Íntimas, com um passado coincidentemente perturbador – ambas foram alcoólatras –, as amigas tinham outro ponto de intersecção: Caroline havia passado por um período de anorexia aos vinte anos e Gail havia tido paralisia infantil, mancando um poucopor conta disso. Em comum, tinham a literatura – Caroline era escritora e colunista do The Boston Phenix e Gail, crítica literária do The Boston Globe –, e o amor pelas cadelas, Lucille e Clementine respectivamente. Logo no primeiro encontro, um passeio de quatro horas em uma floresta no final do verão, que teve a companhia das cachorras, ambas começaram a trocar confidências. O afeto que sentiam ficou ainda mais sólido quando conversaram sobre seus trabalhos, sobre “o mundo da inveja e da rivalidade, sobre as inseguranças e as diferenças de poder”.

Binchy, Maeve. Entre o amor e a amizade.
Localização: F B497e
Duas amigas levam vidas comuns numa pequena cidade da Irlanda, desde a infância até o ingresso na universidade de Dublin, onde vivenciam os primeiros encontros, os novos amigos, as inevitáveis decepções amorosas. Em 'Entre o amor e a amizade', Maeve Binchy constrói uma narrativa comovente sobre laços de família, amor e amizade numa sociedade rígida, sustentada pela moral católica. A história começa em 1949, em Knockglen, cidade tão pequena que se restringe a uma rua única. Passeiam por lá personagens provincianos típicos, sempre radiografados pelos olhos críticos das duas amigas; elas têm apenas 10 anos, mas já se divertem desvendando segredos íntimos dos habitantes. Benny é a garota rica, filha de um comerciante local, acostumada à mordomia de uma casa bem estruturada. Eve é a menina pobre, órfã, criada num convento, com um passado bem menos tranqüilo. A mãe veio de uma família aristocrática que passou a rejeitá-la quando se casou com o pai de Eve, um humilde jardineiro.
Bazaglia, Paulo. Amigos para descobrir.
Localização: 159.922.2 B348a
A amizade tem sido desde os primórdios da reflexão humana motivo de discussão. Por mais que se argumente, chega-se a conclusão que a amizade se dá em pequenos gestos, que normalmente passam despercebidos.
Para descobrir a amizade é preciso, então, olhar com simplicidade as pessoas, as coisas a nossa volta. A beleza do livro Amigos para descobrir está em mostrar através de imagens belas e textos eloqüentes a profundidade da amizade, este valor tão caro ao ser humano, mas que só se revela a quem tem a sabedoria de ser simples.
Horchow, Roger. A arte de fazer amigos.
159.942.52 H776a
Fazer amizade é algo natural para alguns, mas um desafio para muitos. Seja por timidez ou por causa da correria cotidiana, temos cada vez menos amigos verdadeiros, pessoas com quem podemos contar em todos os momentos e que também contam conosco.
Este livro mostra que há diversas maneiras de encontrar pessoas com as quais temos afinidades, assim como muitas formas de mantê-las em nossas vidas. Ele traz 70 dicas simples mais eficazes sobre como estabelecer o contato inicial; transformar um conhecido em amigo; avaliar qual o momento adequado para enviar um e-mail, telefonar ou encontrar-se pessoalmente; manter amizades de longa data; e quando é hora de se afastar ou mesmo pôr um ponto final em uma relação.
Você encontrará ainda ótimas histórias reais e sugestões para colocar as ideias em prática. São princípios para a construção de relacionamentos significativos que você aprenderá a usar e adaptar ao seu próprio estilo.
Se você quer agregar pessoas à sua vida, fortalecer uma aliança ou retomar um contato antigo, A arte de fazer amigos vai ajudá-lo a criar e a manter os laços de respeito e companheirismo que nutrem as amizades verdadeiras.






Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura