Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Glauber morto. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.351

O morto não está de sobrecasaca
não está de casaca
não está de gravata.

O morto está morto

não está barbeado
não está penteado
não tem flor na lapela
um flor 
na calça
sapatos de verniz

não finge de vivo
não vai tomar posse 
na Academia.

O morto está morto
em cima da cama
no quarto vazio.

Como já não come
como já não morre
enfermeiras e médicos
não se ocupam mais dele.

Cruzaram-lhe as mãos
ataram-lhe os pés.

Só falta embrulhá-lo
e jogá-lo fora.



Mundo dos Quadrinhos



Spawn –  O Soldado do Inferno

 Al Simmons era um soldado a serviço do governo norte-americano, que cumpria todo tipo de tarefas perigosas em território doméstico e no exterior. Seguindo ordens de seu superior Jason Wynn, ele era escalado principalmente para missões de execução e tornou-se herói nacional ao salvar o presidente americano de um atentado.
Entretanto, Simmons começou a se tornar um incômodo para Wynn a partir do momento que passou a questionar suas missões e quando tais questionamentos se tornaram intoleráveis, foi traído e morto durante uma missão.
Por seus crimes e sua vida de assassino executor, ele foi enviado ao inferno. No oitavo círculo fez um pacto com o demônio Malebolgia para voltar à Terra e poder ver sua esposa (Al era extremamente apaixonado por sua esposa, Wanda Blake). Todavia, o pacto incluía a obrigação de Al se tornar um Spawn, um soldado do inferno vestindo um traje simbionte, a serviço do demônio, que Malebólgia costuma criar com intervalos de 50 anos para liderar suas forças no Armagedon. Quando Spawn voltou a Terra, 5 anos haviam se passado e Wanda estava casada com o antigo melhor amigo de Al, Terry Fitzgerald. Confuso por sua nova e inesperada existência como Spawn (que incluía uma pele completamente queimada e feições irreconhecíveis), Al sofre ao ver Wanda com seu velho amigo. Pior ainda: ela tinha com este uma filha chamada Cyan, o que deixou o ainda mais arrasado, pelo fato de ter sido estéril e portanto não poder ter tido um filho quando era vivo. Nesse meio tempo, passou a ser atormentado pelo Violador um demônio mandado para confundi-lo e colocá-lo no caminho do mal.
A partir daí, Spawn passa a viver nos becos de Nova York, numa região conhecida por Cidade dos Ratos. Lá o herói faz amizade com os mendigos que vivem nos becos. Entre eles, Botas e Cagliostro, um velho sempre envolto de mistério e que sabia muitas coisas sobre o Céu, o Inferno, Malebólgia, etc. Com ajuda deste Spawn aprendeu a controlar seus poderes infernais, com os quais derrotou a Caçadora de Spawns Ângela pela primeira vez, quando a mesma invadiu os becos para matá-lo antes que seus poderes se desenvolvessem mais.
Além de Ângela, Spawn enfrentaria outros enviados do paraíso, como o Redentor, também conhecido como Anti-Spawn e Mammon, um dos Esquecidos, uma tribo de anjos que não lutou por Deus e nem por Lúcifer quando este se rebelou no Paraíso. Porém Mammon resolveu se juntar ao inferno, onde iniciou uma escalada de poder gigantesca. Seus planos consistiam em tomar o trono do Céu porque ele descobriu que Deus não estava mais lá e pretendia usurpar o trono do Criador para refazer o universo.

A Biblioteca Monteiro Lobato possui a coleção do Spawn. Venham conferir.




Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!