Varal de Poesias




Varal de Poesias
O Varal deste mês tem como intuito exprimir poeticamente o conflito razão e desejo, imagem central nas obras eróticas. Traçando um breve panorama da presença da sexualidade na poesia ao longo de sua história, vai de Petrônio a Glauco Mattoso, com passagens por Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Manuel Bandeira e outros, serão apresentadas múltiplas faces do sexo como experiência estética. Entrada franca.
Indicação: 12 anos. Informações: 2087-4177.
Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
1º a 31 de Outubro 2014
 De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30, sábados das 9h às 17h30
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!