Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. Toda poesia: 1950-1999. 12a.ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 2004. p.170

Agosto 1964

Entre lojas de flores e de sapatos, bares
mercados, butiques,
viajo
num ônibus Estrada de Ferro-Leblon.
Volto do trabalho, a noite em meio,
fatigado de mentiras.

O ônibus sacoleja. Adeus, Rimbaud,
relógios de lilases, concretismo,
neoconcretismo, ficções da juventude, adeus,
que a vida
eu a compro à vista aos donos do mundo,
Ao peso dos impostos, o verso sufoca,
a poesia agora responde a inquérito policial-militar.

Digo adeus à ilusão
mas não ao mundo. Mas não à vida,
meu reduto e meu reino.
Do salário injusto,
da punição injusta,
da humilhação, da tortura,
do terror,
retiramos algo e com eles construímos um artefato
um poema
uma bandeira

Sábado Cultural

Imagem
Neste dia, a Biblioteca abre as portas para um sábado de lazer, com Feira de Troca de Livros, oficinas de reciclagem, brincadeiras antigas e desenhos para colorir. Indicação: livre.

Biblioteca Maestro Cezar Testai (ver endereço)
29 de março de 2014 (sábado)
9h às 17h

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
PORTO, Thayame. Carrego comigo. São Paulo, Scortecci, 2011. p. 27.

FOTOGRAFIA

Dizem que a poesia
eterniza os momentos
como a fotografia.
Apreciei um bom momento
quis registrar
não tinha uma máquina de fotos
sentei na frente da paisagem
e descrevi:
– Uma praça e seu jardim
no centro da cidade
a noite permitia uma garoa.
Entre as plantas, luminárias.
Todas acesas clareando a plantação.
Como uma gaiola de proteção
por cima das luminárias
uma barra:
Por cima da barra
sem preocupar-se com nada:
Um gato rajado, alaranjado
lambia-se folgado.
Patas ao ar
nem ligava pra garoa,
sentia-se o artista da praça
convidando este poema a nascer.
Olhos ao horizonte
aproveitava a noite folgoso
em cima da barra de luz
que servia-lhe como flash.
Momento registrado
pensamento tranquilo
poeta aliviado.
Fecho o caderno, guardo a caneta e vou-me embora.

Recicla Biblio

Imagem
Projeto que visa à utilização de materiais recicláveis para a confecção de diversos objetos.  O oficineiro Ivan Belitardo ensinará a fazer arranjos florais a partir de garrafas PET. Indicação: a partir dos 14 anos.

Biblioteca Orobó Presidente Dutra (ver endereço)
27 de março de 2014 (quinta-feira)
14h

Feira de Troca de Livros

Imagem
Oportunidade para reciclar sua leitura! Traga seu livro ou gibi e troque por outro que você não tenha! São aceitos para troca livros em boas condições de literatura infantil, juvenil, adulto, gibis e quadrinhos. Só não são aceitos livros técnicos ou didáticos.

Biblioteca do CEU Ponte Alta (ver endereço)
24 a 31 de março de 2014
Segunda a sexta-feira, das 9h30 às 16h

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
QUINTANA, Mario. Nova antologia poética. 12a.ed. São Paulo, Globo, 2009, p.94  (Mário Quintana)

Apocalipse

E eis que veio uma peste e acabou com todos os homens.
Mas em compensação ficaram as bibliotecas.
E nelas estava escrito o nome de todas as coisas.
Mas as coisas podiam chamar-se agora com bem quisessem -- 
E então o Pão de Açúcar se declarou Mancenilha.
E o hipopótamo só atendia por tico-tico.
E houve por tudo um grande espreguiçamento de alívio.
E Nosso Senhor ficou para sempre livre da terrível companhia dos comunistas.
E das apologéticas de Tristão de Athayde.



II Encontro de Contadores de Histórias

Imagem
Se você é um contador de histórias, venha comemorar o seu dia conosco! Compareça para um bate-papo e roda de histórias.

Biblioteca Monteiro Lobato, Espaço Expositivo (ver endereço)
20 de março de 2014 (quinta-feira)
14h

Cinema com Audiodescrição

Imagem
A equipe do Projeto Clarear Guarulhos (Valter Carvalho e Araçari Teixeira) promove a exibição com audiodescrição e legendas do filme Pinóquio a verdadeira história (45min). Indicação: livre. Confira trailer do filme.

Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
22 de março de 2014 (sábado)
14h30min

Lançamento do livro Matemática na Poesia ou Poesia Matemática

Imagem
O livro Matemática na Poesia ou Poesia Matemática, da Profª de Matemática Dosília Espírito Santo Barreto, publicado pela Gerúndio edições, une o ensino da Matemática aos versos, facilitando assim a compreensão do assunto. Indicação livre. Entrada franca.

Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
15 de março de 2014 (sábado)
17h

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
CORALINA, Cora; DENÓFRIO, Darcy França. Cora Coralina. 3. ed. São Paulo, Global, 2008. p. 37 (Melhores poemas).

Minha cidade

Goiás, minha cidade...
Eu sou aquela amorosa
de tuas ruas estreitas,
curtas,
indecisas,
entrando,
saindo
umas das outras.
Eu sou aquela menina feia da ponte da Lapa.
Eu sou Aninha.

Varal de poesias

Imagem
Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher (8), a Biblioteca oferece aos visitantes um varal de poesias e pílulas poéticas.


Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço) Rua João Gonçalves, 439, Centro 5 a 31 de março de 2014
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30, sábados das 9h às 13h30min

Bordando no feltro às quartas-feiras

Imagem
Oficinas de bordado livre em feltro, ministrada por Lúcia Sasaki. Os participantes devem trazer os materiais e as ferramentas. Mais informações pelo telefone 11 2408-4543.

Biblioteca Orobó Mikail (ver endereço)
14h

Programação

12 de março de 2014 (bordado de capa de livro) 19 (confecção de livro em branco com costura longstitich) 26 (almofada porta alfinetes) 2 de abril (bichinhos de feltro)

Semana Rosa

Imagem
A Biblioteca oferece uma Semana Rosa em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (8). Os eventos ocorrerão de 6 a 13 de março na Biblioteca Central Monteiro Lobato (ver endereço). Confira a programação completa (sujeita a alterações):

6 (quinta-feira), às 14h
Oficina de Encadernação

8 (sábado), às 14h
Coletivo de Mulheres
Exibição do filme Persépolis

10 (segunda-feira), às 14h
Reciclagem
Oficina de sementes e papel

11 (terça-feira), às 14h
Oficina de confecção de carteiras

12 (quarta-feira), às 14h
Exibição do filme Frida e debate com Mariana Quadros Gimenez

13 (quinta-feira), às 14h30min
Intervenção literária com Valdete Xavier

13 (quinta-feira), às 15h
Bate-papo com a escritora Janaína Blanc

O pensamento jovem e sua autopercepção

Imagem
Conversa com os jovens sobre problemas como drogas, sexo, espiritualidade, violência etc. Neste mês o diálogo será acerca do filme Preciosa (2010), de Lee Daniels. Coordenação: Paulo Massimus e Charles Dalan. Indicação: 16 anos. Confira o trailer do filme.

Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
15 de março de 2014 (sábado)
14h

Projeto Medita Brasil

Imagem
O projeto visa difundir a meditação e o autoconhecimento para uma vida saudável. As palestras são ministradas pela AGEACAC (Associação Gnóstica de Estudos Antropológicos, Culturais, Arte e Ciência). Nesta edição o tema será “Meditação e Vida saudável”. Mais informações pelo site da AGEACAC, Revista Gnosis, Facebook ou pelo telefone 11 2358-9786.

Biblioteca Monteiro Lobato (ver endereço)
11 de março de 2014 (terça-feira) 19h

Palestra Vocação e Filosofia

Imagem
A Nova Acrópole apresenta a palestra “Vocação e Filosofia”. O ciclo de palestras visa o resgate de valores atemporais. Indicação: livre. Entrada franca.

Biblioteca Monteiro Lobato, Anfiteatro Pedro Dias Gonçalves
10 de março de 2014 (segunda-feira)
20h

Projeto Poesia às segundas-feiras

Imagem
BANDEIRA, Manuel; MORAES, Emanuel de (Org.) Antologia poética. 16a.ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1986. p.36

Sonho de uma terça-feira de cinzas

Eu estava contigo. Os nossos dominós eram negros e negras eram as nossas máscaras.
Íamos, por entre a turba, com solenidade,
Bem conscientes do nosso ar lúgubre
Tão contrastado pelo sentimento de felicidade
Que nos penetrava. Um lento, suave júbilo
Que nos penetrava... Que nos penetrava como uma espada de fogo...
Com a espada de fogo que apunhalava as santas extáticas!
E a impressão em meu sonho era que estávamos
Assim de negro, assim por fora inteiramente de negro,
-- Dentro de nós, ao contrário, era tudo claro e luminoso!

Era terça-feira gorda. A multidão inumerável
Burburinhava. Entre clangores de fanfarra
Passavam préstilos apoteóticos.
Eram alegorias ingênuas, ao gosto popular, em cores cruas.

Iam em cima, empoleiradas, mulheres de má vida.
De peitos enormes -- Vênus para caixeiros.
Figuravam deusas -- deusa disso, deusa daquilo, já tontas e seminuas.

A …