Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Fórum Setorial de Cultura

A Secretaria de Cultura de Guarulhos convida para o Fórum Setorial de Cultura
Livro e Literatura 1 de março de 2012
Biblioteca Monteiro Lobato.
Rua João Gonçalves, 439 Centro.
18h às 23h

Objetivos: debate, fomento de ideias e propostas com vista à realização da III Conferência Municipal de Cultura que se realizará nos dias 23, 24 e 25 de março de 2012.

Lançamento do livro Linguagem Braille para todos

Imagem
GerúndioGEedições convida para o coquetel de lançamento do livro Linguagem Braille para todos, de Juana Maria Rey de Cardozo (Biblioteca Monteiro Lobato, Espaço Braille Profa. Alice Ribeiro).

25 de fevereiro de 2012
17h
Biblioteca Monteiro Lobato

O evento contará com a participação musical do professor Fábio Bonvenuto (Conservatório Municipal de Guarulhos). Às 15 horas, haverá apresentação do filme I Am Sam, com áudio descrição.

Curso Copista Braille e Ledor Voluntário

Imagem
Depoimento de Fábio Valentim de Souza
Curso Copista Braille O curso de "copista Braille" começou quando Juana Maria Rey (pedagoga e coordenadora do serviço Braille da Biblioteca Monteiro Lobato) e Marilia (bibliotecária) resolveram que era necessário aprender a Linguagem Braille para beneficio dos usuários do setor. O curso foi realizado na Fundação Dorina Nowill para Cegos de São Paulo, com cadernos de exercícios no total de 33 lições. O curso é ministrado até hoje no Espaço Braille Profª. Alice Ribeiro. Foram preparadas fichas de inscrições e começaram o curso no Espaço Braille com apenas 2 máquinas Perkins. Logo foram ampliadas as máquinas para 6 sendo contempladas 4 máquinas graças ao prêmio Petrobrás Cultural.

A proposta era divulgar o curso nos jornais da cidade de Guarulhos e o curso foi ensinado a quem procurava.
Atualmente o diferencial é a parceria com o Núcleo de Formação Permanente da Secretaria da Educação - porque os professores se interessam muito e tambem o…

Brincadeiras Antigas: Resgate

Biblioteca do CEU Ponte Alta
29 de Fevereiro de 2012
14h

Neste mês, de volta as aulas, a Biblioteca do CEU Ponte Alta oferece um campeonato de forca (jogo em que o participante tem que acertar qual é a palavra proposta, tendo como dica o número de letras e o tema ligado à palavra), tendo como objetivo não só o resgate das brincadeiras antigas, como avivar a memória das crianças.

Indicação: a partir dos 7 anos.
Mais informações pelo telefone 2443-2749.
Rua Pernambuco, 836, Jd. Ponte Alta.

Cinema com Audiodescrição

Imagem
Biblioteca Monteiro Lobato
25 de Fevereiro
15h
Entrada gratuita.
Rua João Gonçalves, 439 Centro

Neste mês o Projeto Clarear comemora um ano. E para comemorar será exibido o  filme Lição de amor, com Sean Penn. Direção:Jessie Nelson.




O projeto Clarear  é um projeto de inclusão cultural para pessoa com deficência. Nesta fase do projeto o foco principal é a audiodescrição que tem como objetivo levar a cultura para o guarulhense com deficiencia visual.
A audiodescrição tem sido muito solicitada não só nos filmes, mas em todo evento que haja a necessidade ou iniciativa dos organizadores como: teatro, futebol, dança, zoologico, missa, festas, entre outros.
A equipe é formada por Valter Carvalho, Eliana Boaventura Portella e Araçary Teixeira.


O Que é Audiodescrição A audiodescrição é um recurso de acessibilidade que permite que as pessoas com deficiência visual possam assistir e entender melhor filmes, peças de teatro, programas de TV, exposições, mostras, musicais, óperas e outros, ouvindo…

“Linguagem Braille para todos” – Juana Maria Rey de Cardozo

Imagem
Lançamento do livro “Linguagem Braille para todos” – Juana Maria Rey de Cardozo

Biblioteca Monteiro Lobato 25/sabado - às17h

A preparação de crianças e  educadores para receber naturalmente um aluno especial, neste caso o aluno com deficiência visual, parte do desenvolvimento em sala de aula de  estratégias pedagógicas que estimulem a reflexão sobre a temática da inclusão, da aceitação da diferença e principalmente da diminuição de atitudes preconceituosas. Estas atividades permitem o acolhimento e integração do aluno, a partir da iniciativa dos  educadores na mudança atitudinal, frequentemente observada. Fazer uma “roda de leitura” com livros infantis transcritos ao braille e desenvolver atividades a partir da mesma, de acordo à faixa etária, motiva uma reflexão muito positiva para todos. Estas atividades podem ser compartilhadas com outros educadores, as vivências e sua importância.



Juana Maria Rey de Cardozo
Formada em Educação Física, Psicologia, Pedagogia e é mestre pela FEUSP n…