Projeto Poesia às 2as.feiras

Imagem
GULLAR, Ferreira. O lampejo. IN: Toda poesia (1950-1999). 10ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 2001. p.356

O poema não voa de asa-delta
não mora na Barra
não frequenta o Maksoud.
Pra falar a verdade, o poema não voa:
anda a pé
e acaba de ser expulso da fazenda Utupu
                                           pela polícia.

Como mal dorme mal cheira a suor,
parece demais com o povo:
                                            é assaltante?
                                            é posseiro?
                                            é vagabundo?
frequentemente o detêm para averiguações
          às vezes o espancam
          às vezes o matam
          às vezes o resgatam
          da merda
                         por um dia
e o fazem sorrir diante das câmeras da TV
de banho tomado.

O poema se vende
                se corrompe
confia no governo
desconfia
de repente se zanga
e quebra trezentos ônibus nas ruas de Salvador.

O poema é confuso
mas tem o rosto da história brasileira:
               tisnado de sol
   …

Memórias de uma vida – Clóvis Domingues de Sá


Biblioteca Municipal Monteiro Lobato
Dia 10 de Fevereiro / sexta
Às 19h

O livro trata de sete décadas do nono filho vividas com fé, esperança e amor. O escritor, Clovis Domingues, membro efetivo da Academia Guarulhense de Letras, faz uma viagem passando por acontecimentos  familiares, religiosos, comunitários e profissionais nos bairros da Ponte Grande, infância e juventude de Cumbica, Gopoúva e Bom Clima idade adulta.

Entrada franca.
Rua João Gonçalves, 349 – Centro.


Clóvis Domingues de Sá

Clóvis Domingues, autor de sete livros, é também jornalista e teólogo.
Nativo de Guarulhos, do bairro Ponte Grande, foi casado em primeira núpcias com Gracinda dos Anjos de Sá Domingues, já falecida, com quem teve quatro filhos: Alexandre, Guilherme, Felipe e Patrícia. Contraiu segunda núpcias com Marta Pinho dos Santos Domingues, com quem vive no bairro do Bom Clima, em Guarulhos.

Católico por tradição e convicção, é agente de pastoral e presta seus serviços na Comunidade Eclesial São Judas Tadeu, Apóstolo e Mártir, dos bairros Alto Macedo e Bom Clima, capela pertencente à Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Cocaia.

Ocupa a cadeira 26 da Academia Guarulhense de Letras desde 8/12/2001.

Obras do autor:
- Viva Feliz;
- Poema Maior;
- Caminhos e Descaminhos;
- Acordar e Ser Feliz;
- Jesus, o Comunicador;
- Família, Lugar de Vida;
- Viver é Algo Mais.  


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura