Biblioteca Indica: Sempre é tempo para bons sentimentos. Histórias de amor, paz, amizade, esperança, fé, lealdade, gratidão e solidariedade.

Imagem
"Todo o nosso conhecimento se inicia com sentimentos."


SCHOLES, Katherine; INGPEN, Robert. Tempos de paz. Localização: J S391t A Unesco, desde sua criação no final da Segunda Guerra Mundial, já declarava: As guerras nascem no espírito dos homens; logo, é no seu espírito que precisam ser erguidos os baluartes da paz. Aprenda a resolver pacificamente os problemas de sua vida - primeiro que tudo. Isso porque a paz começa com você. No seu próprio quintal. Ainda há as imagens belíssimas de Robert Ingpen que interagem com o tom questionador e reflexivo do livro. Sua leitura contribuirá para sensibilizar a criança a ter uma relação harmoniosa consigo mesma, com os outros e com a natureza.

GEE, Darien; KLESCK, Alice. O pão da amizade. Localização: F G263p Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simpl…

VARAL DE POESIAS - JUNHO 2009


Biblioteca Monteiro Lobato

De 01 a 30 de Junho
De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30, e sábado, das 9h às 13h30, exceto feriados.

Luciano Dias Soares é um dos grandes escritores urbanos da cidade. Com uma escrita despojada, usa informações clássicas, cultura de massas -como música pop e HQ - e elementos experimentais para fazer um retrato da paisagem urbana. Bêbados, vendedores, mulheres, ganham representação em sua poesia ácida, terna, criativa. Espinhoso, dolorido, deixa escapar instantes de ternura ao falar de outros. Há mais de vinte anos, influenciado por concretos, Manoel Bandeira e poetas marginais, sua poesia frequenta espaços artísticos em nossa cidade: com exposições, adaptações, músicas, inclusão em documentário.Haverá exposição de seus textos durante o mês no "Varal" da Biblioteca Monteiro Lobato, e um encontro no dia 26, para falar de sua escrita, com a participação de colaboradores seus e intervenção da Antropoesia, com versões musicadas de seus textos.

Entrada franca.
Rua João Gonçalves, 439, Centro.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Busque você mesmo!

Programa Agentes de Leitura